• Eliza Keren M da Silva

Sete processos licitatórios fecham o mês de Novembro

Nos últimos dias de novembro, as Prefeituras de Brusque e Guabiruba realizaram três processos licitatórios cada uma. O Samae também realizou um pregão para encerar o mês.


Prefeitura de Brusque


Os pregões da Prefeitura de Brusque aconteceram na quinta (26) e sexta-feira (27), para aquisição de kit tecnologia móvel e embarcada e aquisição de fraldas, respectivamente. A licitação de quinta-feira foi para o FUMMPOM (Fundo Municipal de Melhoria da Policia Militar), e teve apenas uma empresa participando. Dos três itens para licitação, dois foram desclassificados devido o valor ser incompatível com o preço praticado no mercado. A empresa ACN - Comércio de Produtos de Transito Ltda Me deve fornecer suporte para tablete e impressora pelo valor de R$ 24.480,00.


O segundo certame da semana, para aquisição de fraldas descartáveis geriátricas, contou com a participação de cinco empresas. A vencedora foi a Fraldas CK Industria e Comércio Ltda que levou os quatro itens pelo valor de R$336.200,00.


A concorrência para contratação de empresas para a conclusão das obras de construção do Pró Infância do Bairro Rio Branco aconteceu na segunda-feira (30) e contou com a participação de quatro empresas, mas o processo licitatório foi suspenso por decisão judicial.


Prefeitura de Guabiruba


A Prefeitura de Guabiruba também realizou os pregões na quinta, sexta e segunda-feira, sendo o primeiro para aquisição de pedras; o segundo era a continuação do pregão 055/2015, para contratação de empresa para aquisição de pneus e câmaras de ar e o terceiro para prestação de serviço de colocação/recolocação de piso, meio fio, lajota sextavada e paralelepípedo.


A licitação para compra de pedra bruta detonada teve única concorrente e item único. A empresa vencedora Mineração Rio do Ouro Ltda deu lance de R$ 244.000,00 sendo o valor estipulado pela prefeitura era de R$ 253.360,00.


A continuação do pregão 055/2015 teve sete empresas participando, mas uma foi desclassificada por falta de documentação. O certame foi do tipo registro de preço, a qual foi iniciada no dia 20 e teve continuação apenas nessa sexta-feira (27). Dos 38 itens a serem licitados, 11 foram levados pela BBW do Brasil Comércio de Pneumáticos Eireli Epp pelo valor de R$ 212.882,00. A Cantu Comércio de Pneumáticos Ltda levou três itens com o custo de R$ 76.748,00. Já a Copal Comércio de Pneus e Acessórios Ltda pelo valor de R$ 24.150,00 ficou com cinco itens. A GF Pneus Comercial e Distribuidora Ltda também ficou com cinco itens pelo valor de R$ 37.446,00. Modelo Pneus Ltda pelo valor de R$ 2.548,00 levou um item apenas. A Tereza pneus Ltda levou dois itens pelo valor de R$ 5.730,00. A última empresa participante, Turbo Auto Peças Ltda ficou com os 10 itens restantes pelo valor de R$ 87.135,00.


A última licitação foi para contratação de empresa para prestação de serviço de mão de obra para colocação e ou recolocação de piso, meio fio, lajota sextavada e paralelepípedo que aconteceu na segunda-feira (30). Três empresas participaram da licitação, mas a vencedora foi a Dinamika Artefatos de Cimento e Engenharia Ltda Me que venceu a licitação pelo valor de R$ 1.317.000,00 sendo que o valor estipulado pela Prefeitura era de R$ 1.639.890,00.


Samae


Na segunda-feira (30) o Samae realizou o último pregão de novembro para aquisição de serviço telefônico, mas foi considerado deserto pois não teve a participação de licitantes.

0 visualização0 comentário