• Observatório Social

Punições expulsivas do Poder Executivo diminuíram em 2015

Atualizado: 22 de Jul de 2019

Comparativo analisou os dados de 2014, 2015 e os primeiros cinco meses de 2016


A CGU - Controladoria Geral da União - divulgou o relatório de acompanhamento das punições expulsivas que são aplicadas aos servidores públicos do Poder Executivo Federal que estiveram envolvidos com ações ilícitas. No relatório, constam informações referente as demissões, exonerações de cargos comissionados e cassações de aposentadoria. Com base nisso, o Observatório realizou um comparativo entre 2014 e 2015.


Em relação as demissões, em 2015 houve o maior registro, 447, um aumento de 6.42% comparado com 2014. Já as exonerações de cargos comissionados foram maiores em 2014, com 69 destituições, sendo que no ano seguinte elas diminuíram em 40.5%.


Além disso, as cassações de aposentadoria também registraram números maiores em 2014 do que em 2015. No ano passado foram 53 cassações, sendo que em 2014 este número foi 8.62% maior.


O relatório também divulgou os dados de 2016 até o mês de maio. Foram 149 demissões, 24 cassações de aposentadoria e 17 exonerações de cargos comissionados.

Fonte: CGU

Foto: divulgação

1 visualização0 comentário