• Observatório Social

Projeto de estagiária do OS vira lei no Paraná

Atualizado: 22 de Jul de 2019

O programa Geração Atitude 2015 visa o exercício da cidadania nas escolas públicas do estado

Ingrid Ribeiro Serafim de Souza entrou para a história. A aluna do Ensino Médio do Colégio Itacelina Bittencourt, localizado em Cianorte, município do Paraná, é a responsável pelo primeiro projeto de lei realizado por uma estudante. A lei foi sancionada pelo governador Beto Richa na terça-feira (26) no Palácio Iguaçu.


Com apenas 16 anos, Ingrid já é estagiária no Observatório Social de Cianorte e criou o programa Geração Atitude 2015 que propõe o exercício da cidadania nas escolas como política pública oficial nas escolas públicas do Paraná.


O projeto foi apresentado pela Mesa Executiva da Assembleia Legislativa, formada pelo presidente Ademar Traiano (PSDB), pelo 1º secretário Plauto Miró Guimarães (DEM) e pelo 2º secretário Ademir Bier (PMDB) - e subscrita também pelo deputado Jonas Guimarães (PSB), 1º vice-presidente.


A estudante teve a orientação do professor Márcio Rogério Penachio. O programa é ligado ao Movimento Paraná sem Corrupção e pretende despertar nas pessoas melhor compreensão sobre temas importantes como democracia, política e cidadania.


Com a lei estadual sancionada, o Geração Atitude 2015 tornou-se obrigatório nas escolas públicas estaduais do Paraná. As atividades serão desenvolvidas por meio de uma parceria entre os órgãos públicos do estado: Assembleia Legislativa, Ministério Público, Tribunal de Justiça e o Governo do Paraná.


Fonte: OSB e ALEP

Foto: divulgação

0 visualização0 comentário