• Observatório Social

Primeiro dia do Ecos apresenta novidades

O primeiro dia do 5º Encontro Catarinense de Observatórios Sociais (Ecos) foi de novidades e conhecimento. Os observadores puderam apresentar resultados, ações, além de celebrar a parceria com o Grande Oriente de Santa Catarina (GO-SC) da Maçonaria. O encontro ocorreu nas dependências do auditório da Associação Intersindical Patronal de Itajaí, na tarde da última quinta-feira (11).


Segundo o grão-mestre maçom de SC, Wagner Sandoval Barbosa, o convênio visa o apoio, a manutenção de observatórios já existentes em Santa Catarina, além da criação de novos OS. 


A diretora executiva do Observatório Social do Brasil, Roni Enara, também identificou as entidades que já estão abertas no estado, as quais contabilizam 17. São elas: Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Criciúma, Florianópolis, Imbituba, Itajaí, Itapema, Lages, Navegantes, São José, São Joaquim, São Bento do Sul, Tubarão e Rio do Sul. Em articulação ainda estão às cidades de Chapecó, Concórdia Joaçaba, Indaial e São Francisco do Sul.


Para ter um controle maior de quais estão participando ativamente nas atividades propostas, o Observatório vai lançar um placar de todos os OS. Atualmente, agindo de alguma maneira, no Brasil há 54 ativos, sendo 10 em Santa Catarina. 


Outros assuntos foram tratados na tarde, como as instruções e resultados do Sistema Informatizado de Monitoramento de Licitações (SIM). 


Nesta sexta-feira (12) acontece o segundo dia do encontro, no mesmo local, e percorre até às 16h30min. 

0 visualização