• Observatório Social

Prefeitura amplia 29% investimentos em saúde

O governo municipal atingiu no segundo bimestre de 2012 o montante de R$ 26.771.605,43 em gastos com a saúde, é o que revela os dados obtidos através do TCE SC. Despesas relacionadas à Assistência hospitalar e Ambulatorial corresponderam a 50,73%, seguido da Atenção Básica com 32,83% e custos com Administração Geral que alcançaram 13,62% do total. 


Segue abaixo os valores detalhados:


 Assistência Hospitalar e Ambulatorial R$ 13.580.632,55  Atenção Básica R$ 8.789.665,45  Administração Geral R$ 3.647.275,98  Alimentação e Nutrição R$ 427.453,53  Vigilância Epidemiológica R$ 210.621,64  Vigilância Sanitária R$ 115.245,28  Controle Externo R$ 711,00


Em comparativo com o mesmo período do ano anterior, a prefeitura gastou R$ 20.675.956,59, o que corresponde a um aumento de 29% em recursos municipais destinados à saúde. Numa análise detalhada, observa-se que apenas a Vigilância Epidemiológica teve redução de gastos.


Veja os dados:


 Assistência Hospitalar e Ambulatorial R$ 11.134.210,42  Atenção Básica R$ 7.221.540,31  Administração Geral R$ 1.525.507,17  Alimentação e Nutrição R$ 382.334,06  Vigilância Epidemiológica R$ 300. 887,23  Vigilância Sanitária R$ 111. 477,40


Vale ressaltar que, de acordo com o Ministério da Saúde, a Atenção Básica engloba o custeio das Unidades Básicas de Saúde, Programa Saúde da Família, equipe multiprofissional para cada unidade e estoque de materiais necessários para seu funcionamento.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo