• Observatório Social

Portal da Transparência de Brusque apresenta dados errados

Atualizado: 17 de Jul de 2019

Valores elevados e diferentes da folha de pagamento são apresentados no portal


O Observatório Social de Brusque recebeu uma denuncia anônima de que o ex-prefeito interino, Roberto Pedro Prudêncio Neto não diminuiu o próprio subsídio como prometido. De acordo com o portal da transparência de Brusque, consta desde agosto de 2015 até março de 2016 que o então prefeito estava recebendo R$ 23.212,25.


Devido a denúncia, o OSBr encaminhou um ofício à Prefeitura de Brusque solicitando a documentação dos subsídios do ex-prefeito interino, para comprovar a redução dos 10%. Nas folhas de pagamento encaminhadas pela Prefeitura, consta que no mês de agosto de 2015, Prudêncio recebeu R$ 23.212,25, mas a partir de setembro do ano passado, até fevereiro deste ano o subsídio foi reduzido para R$ 20.891,03. Somente em março de 2016, em virtude do reajuste da data base, o valor passou para R$ 24.604,99.


Vale lembrar que além do subsídio, o prefeito também recebe auxílio alimentação de R$ 150,00 por mês. Em março deste ano, além do aumento do subsídio, o auxílio passou para R$ 168,00.



Fonte: Portal da Transparência

Foto: Observatório Social de Brusque