• Observatório Social

PF cumpre 27 mandados de prisão, além de bloquear cerca de R$ 720 mi

Atualizado: 23 de Jul de 2019

Nesta sexta-feira (14), a Polícia Federal realizou a sétima fase da Operação Lava Jato, quando foi decretado o bloqueio de cerca de R$ 720 milhões em bens pertencentes a 36 investigados, além de cumprir 85 mandados judiciais, desses, 27 pessoas já foram presas nos estados de Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal.


Dos 85 mandados, além das seis prisões preventivas e 21 temporárias, nove mandados são de condução coercitiva e 49 mandados judiciais estão sendo deflagrados por busca e apreensão. Sendo que dos mandados de busca, 11 estão sendo cumpridos em grandes empresas.


Os envolvidos responderão, conforme suas participações, pelos crimes de organização criminosa, formação de cartel, corrupção, fraude à Lei de Licitações e lavagem de dinheiro.


LAVA JATO


A Operação Lava Jato investiga organizações criminosas responsáveis por desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em grandes quantias.


Segundo a PF, são, ao todo, 300 policiais federais, com apoio de 50 servidores da Receita Federal que trabalham nessa operação, que está na sua sétima fase. Essa parte da operação só está sendo realizada devido aos depoimentos passados.


Ela iniciou em 17 de março de 2014, com o objetivo de desarticular organizações criminosas contra o Sistema Financeiro Nacional. Os grupos investigados registraram, segundo dados do Conselho de Controle de Atividades Financeiras/MF (COAF), operações financeiras atípicas num montante que supera os 10 bilhões de reais.


Fonte: Polícia Federal.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo