• Observatório Social

Pesquisa revela o número de diabéticos na região

A doença é crônica e pode ser classificada em dois tipos


O tema escolhido para o Dia Mudial de Saúde (07/04) pela OMS (Organização Mundial de Saúde) foi a diabetes e o Observatório Social de Brusque realizou um levantamento sobre os casos da doença em Brusque, Guabiruba e Botuverá. As informações são de 2002 a 2013 e foram coletadas no Deepask, site especializado em pesquisas.


Em 2002, Brusque totalizava 941 casos de diabetes, mas em 2013 o número aumentou para 2418. Guabiruba também teve um acréscimo de diabéticos, de 125 casos para 313. Já Botuverá teve aumento de 118 casos nos 11 anos analisados.


No Brasil, existem mais de 13 milhões de pessoas que convivem com a diabetes, um total de 6,9% da população do país.

Entenda melhor a doença


A diabetes é uma doença crônica, ou seja, ela acompanha o paciente por um longo período de tempo, superior a seis meses, e geralmente não tem cura, apenas tratamentos. A causa da doença é porque o corpo não produz insulina, hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue; ou porque não consegue utilizar de forma correta a insulina que é produzida.


De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), a doença ainda pode ser dividida em dois tipos. A diabetes tipo 1 acontece quando pouca ou nenhuma insulina é liberada pelo corpo e atinge certa de 5% a 10% das pessoas diagnosticadas.


Já o diabetes tipo 2 é a mais comum. Ela aparece quando o organismo não consegue utilizar a insulina produzida ou ainda quando o corpo não consegue produzir insulina suficiente para controlar a taxa de glicemia. Abrange 90% das pessoas com a doença.


Confira abaixo a tabela com os dados de 2002 a 2013 de Santa Catarina, Brusque, Guabiruba e Botuverá.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo