• Observatório Social

Passagem da tocha olímpica não teve custo ao município

Segundo a FME o evento foi custeado pela iniciativa privada


Com o intuito de levar informações à sociedade brusquense, o Observatório Social de Brusque solicitou, na semana passada, por meio de um ofício à Prefeitura de Brusque a prestação de contas da passagem do Fogo Olímpico no município.


De acordo com o Superintendente da FME, Silvio Bertolini, "o investimento do município foi em designar para o dia do evento funcionários da Fundação Municipal de Esportes para ajudar na organização", explicou.


O ofício ainda esclarece que os outros itens não foram custeados pelo cofre municipal, mas sim por iniciativa privada. Não foi especificado no ofício qual empresa patrocinou o evento.

Confira abaixo o memorando encaminhado pela Prefeitura de Brusque:


Foto: Gazeta do Povo

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo