• Eliza Keren M da Silva

OSBr estuda crescimento no número de veículos em Brusque

Estudo realizado pelo Observatório Social de Brusque e Região no mês de maio mostra que, nos últimos dez anos, o número de veículos circulando no Município de Brusque aumentou aproximadamente 107%. Enquanto no ano 2002 o número de veículos era de 41.464, em 2012 passou para 85.777. Já quanto ao crescimento populacional registrado no mesmo período, o número passou de cerca de 79.815 para 109.950 habitantes, o que significa um incremento de 37,76%. Ao comparar estes dados, nota-se que a crescente de veículos está totalmente desproporcional ao crescimento da população, fato este que deve chamar a atenção das autoridades responsáveis pela mobilidade urbana.

 

Dados da pesquisa ainda revelam que entre as quinze cidades* listadas, Brusque é a 2ª com o maior crescimento populacional, e ainda aponta que no ano de 2012 o Município obteve o 2º maior índice de pessoas por veículo (1,28 pessoas/veículo). Esses índices são ainda mais preocupantes pelo fato de Brusque se tratar de uma cidade centenária, onde ao longo dos anos, a maioria das vias permaneceram com suas dimensões preservadas (largura), ou seja, são estreitas para viabilizar um adequado fluxo de veículos nos dias atuais, especialmente aquelas que ligam bairros populosos ao centro da cidade. 


Diante do problema que se agrava a cada ano, o poder público busca soluções tentando disciplinar o tráfego em fluxos únicos de veículos em várias vias do centro da cidade. Esta solução, que parece ser coerente diante da situação, aglomera o trânsito em pontos convergentes causando relativos engarrafamentos em determinados horários, e aumenta a distância para aqueles que residem ou trabalham no centro da cidade. Em termos práticos, toda a iniciativa para melhorar o trânsito na área central terá seus "efeitos colaterais".


O Observatório Social de Brusque e Região entende que todas as ações do Poder Público devem ser planejadas com foco no futuro. Sendo assim, seria de bom senso que a Administração Municipal se preocupasse com os novos espaços de ocupação humana, para que esses tenham avenidas largas e humanizadas, bem como planejar mais opções de acessos rápidos ligando o centro da cidade aos bairros, a partir de novas vias, procurando disciplinar ainda mais o fluxo de veículos pesados que cruzam o município.


Como conclusão deste estudo, o OSBr acredita que a solução imediata mais efetiva, além das citadas acima, para contrapor o problema , seja a melhoria no serviço de transporte coletivo, com o aumento do número de linhas e horários, atendendo às necessidades de nossa população, bem como realização de campanhas de motivação para o uso do transporte coletivo em nossa cidade, especialmente junto às indústrias do município, que empregam mais de 50% dos brusquenses.


*Joinville, Florianópolis, Blumenau, São José, Criciúma, Chapecó, Itajaí, Lages, Jaraguá do Sul, Palhoça, Balneário Camboriú, Brusque, Tubarão, São Bento do Sul, Caçador.

Fonte: Dados quanto a estimativa da população foram retirados do site IBGE - Modificação do arquivo contendo tais dados foram  feitas no ano 2011 (2002) e 2013 (2012). Dados de véiculos - Detran SC

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo