• Observatório Social

Observatório Social integra conselho de fundo da Justiça

Presidente e consultora da entidade foram nomeados para biênio 2020/2022 do conselho


O presidente do Observatório Social de Brusque, Claudemir Marcolla, e a consultora, Mitchi Corrêia Galvão do Rio Apa, foram nomeados para representar Brusque no Conselho Gestor do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), que ressarce e beneficia a sociedade. 

Os representantes do Observatório Social compõem o conselho como membro titular e suplente para o biênio 2020/2022.


Reconstituição de Bens Lesados

O FRBL é constituído por dinheiro proveniente de condenações, multas e acordos judiciais e extrajudiciais em face de danos causados à coletividade em áreas como meio ambiente, consumidor e patrimônio histórico.

O mesmo é administrado pelo conselho, formado por representantes de órgãos públicos estaduais e entidades civis, que avaliam quais projetos, que atendam a interesses da sociedade, receberão investimentos. O objetivo é custear projetos que previnam ou recuperem danos sofridos pela coletividade.

A cada dois anos o conselho gestor é renovado mediante sorteio público. Esta é a primeira vez que o observatório social de Brusque participa do conselho.

“Estar ao lado de entidades tão importantes para acompanhar o direcionamento desse fundo é de suma importância para nós. Vai ao encontro de um dos nossos objetivos, que é acompanhar a aplicação dos recursos públicos. No nosso caso trabalhamos sempre em nível municipal, mas participando desse conselho gestor, vamos acompanhar em nível estadual aprovando projetos que de certa maneira vão contribuir para uma sociedade mais justa. Ficamos muito felizes com a nomeação e desejamos fazer um bom trabalho”, destaca o presidente Marcolla. 

10 visualizações