• Observatório Social

Observatório Social de Brusque realiza live com o prefeito eleito Ari Vequi

O vereador eleito mais votado, Nik Imhof, também participou da reunião


Nesta sexta-feira, 11 de dezembro, o Observatório Social de Brusque (OSB Brusque) realizou uma segunda rodada de conversas com os eleitos para a gestão 2021-2024 de Brusque. Participaram desse encontro o prefeito eleito Ari Vequi e o vereador mais votado Nik Imhof.


Assim como na reunião anterior, o presidente Claudemir Marcolla apresentou o histórico da entidade e se colocou à disposição da nova gestão. “Parabéns aos eleitos, gostaríamos de reforçar que nossa entidade está à disposição para trabalhar em conjunto para uma Brusque mais eficiente. Contem conosco. Agradecemos a disponibilidade de tempo, em nome de nossa entidade e tenho certeza de que nossa missão é a mesma: o bem-estar coletivo e o melhor para nossa população".


O diretor executivo, Evandro Gevaerd, reforçou que o Observatório procura dialogar com o poder executivo. “Todas as situações que nos deparamos, e que podem ser melhoradas, o primeiro a ser comunicado é o gestor público, oportunidade em que também muitas vezes são apresentadas sugestões. É claro que temos independência, mas sempre vamos tentar nos aproximar para contribuir na melhoria da gestão”, afirma.


O vereador eleito Nik Imhof, que foi voluntário da entidade em 2013 e atuou como estagiário em 2014, conta que sente orgulho em ter feito parte da equipe do observatório. “Eu sempre falo muito bem e onde eu vou sempre comento sobre essa experiência. É um orgulho muito grande agora estar do outro lado. Eu sempre busquei fortalecer e ser um parceiro do Observatório. Podem contar comigo, nessa nova empreitada da minha vida, e tenho certeza que iremos fazer um ótimo trabalho, com essa parceria”, conta.


O prefeito eleito Ari Vequi enalteceu a qualificação das pessoas que hoje estão na equipe do observatório e reforça o intuito de aumentar cada vez mais a transparência em sua gestão”. Eu sou uma pessoa de fácil acesso, gosto de ser o primeiro a ser informado. Tenho cobrado muito de nossos servidores que estejam engajados com a comunidade onde atuam”, diz.


Outro ponto apresentado por Vequi foi o objetivo de facilitar o acesso da população ao serviço público. “Não há jeitinho brasileiro ou o nosso jeitinho, mas sim transparência e clareza. Temos muito para fazer e podemos fazer muito. Quero contar com o Observatório Social para estreitar essa relação, cuidar do dinheiro público e contar com o apoio para o monitoramento. Meu foco é uma gestão transparente, que irá facilitar muito o nosso trabalho”, reafirma.

7 visualizações0 comentário