• Observatório Social

Observador Social Mirim é reconhecido pelo Ministério Público Federal

O Observatório Social de Brusque foi reconhecido com o Selo Pró-Íntegro 2018, durante evento alusivo ao Dia Internacional de Combate à Corrupção, promovido pela Câmara de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal e pela Procuradoria-Geral da República, na segunda-feira, 4 de dezembro, em Brasília.

A abertura do evento contou com a participação da procuradora-geral da República e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, Raquel Dodge, que ressaltou a urgência em restabelecer a credibilidade das instituições públicas diante do povo brasileiro. "No Brasil, a corrupção é um fato tão escandaloso, que o sentimento de todos os brasileiros e do Ministério Público é de intolerância absoluta. É por isto que nos reunimos aqui para dizer que vamos redobrar o grande esforço já feito até o momento contra a corrupção, para aplicar a Constituição e a lei. É o nosso dever constitucional em favor da população e do patrimônio público. E faremos isto juntos. É o que viemos anunciar", declarou Raquel.

Paralelo à apresentação de um vídeo com a retrospectiva de operações de Combate à Corrupção em 2017, foram assinados na oportunidade, três pactos que preveem a atuação integrada de órgãos de controle e fiscalização para o combate a crimes de corrupção nas esferas pública e privada. De acordo com Raquel Dodge, os pactos são inéditos e de grande escala. "É certamente um gesto proporcional ao tamanho do problema e ao gigantismo da tarefa. É a primeira vez que todos os procuradores-gerais se reúnem em um mesmo ato contra a corrupção e celebram um pacto de tamanha responsabilidade, já antevendo ilicitudes no ano eleitoral que se aproxima", considera a procuradora.


Campanha Durante o evento, a coordenadora da Câmara de Combate à Corrupção, subprocuradora da República Mônica Nicida, e a coordenadora da campanha Todos Juntos Contra a Corrupção, promotora de Justiça Luciana Asper, apresentaram os resultados dos três meses da iniciativa lançada dentro do Programa Nacional de Prevenção Primária à Corrupção, da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla). Para incentivar o debate sobre o combate à corrupção, a campanha reconheceu 22 das 90 propostas recebidas. Os certificados de homenagem foram entregues pelo presidente do Fórum Nacional de Combate à Corrupção e conselheiro do CNMP, Silvio Amorim. "Precisamos que a sociedade esteja conosco unida no combate à corrupção. E esse é o momento que podemos lançar as sementes", destacou Amorim.

Os proponentes dos projetos reconhecidos participaram ainda de uma reunião, cujo objetivo era socializar as propostas para aprofundamento e melhor entendimento das ações desenvolvidas. O Observatório Social de Brusque esteve representado pela coordenadora pedagógica do programa Observador Social Mirim, Priscila dos Santos Petermann.

"É uma grande satisfação fazer parte dessa iniciativa de prevenção primária à corrupção. Foi muito importante essa oportunidade de socializar os projetos desenvolvidos em várias partes do país, que têm uma só finalidade: conscientizar e promover uma mudança significativa na sociedade diante das práticas de corrupção", avalia Priscila.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo