• Observatório Social

LEVANTAMENTO APONTA O VALOR DAS PRINCIPAIS RECEITAS DA PREFEITURA DE BRUSQUE

Analisando os dados apresentados no Portal da Transparência de Brusque, o OSBr realizou uma pesquisa sobre as principais receitas do município no primeiro semestre dos anos de 2015, 2016, 2017 e 2018.


Comparando os primeiros semestres de cada um dos anos citados na tabela, verifica-se que a média de crescimento da somatória dessas receitas foi de 8,5%.


O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) apresentou as maiores arrecadações nestes quatro anos, seguido pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Entretanto, observa-se que o crescimento mais expressivo ocorreu na arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), que, no primeiro semestre de 2015, foi de R$13.551.675,35 e, no primeiro semestre de 2018, foi de R$22.922.458,76, um incremento de 69,15%.


Abaixo destaca-se as principais receitas:



0 visualização