• Observatório Social

Importância Social dos Tributos

Em outubro de 2011 o Observatório Social de Brusque realizou uma pesquisa no centro da cidade, entrevistando 174 cidadãos, onde foi apresentada a carga tributária de vários produtos. Dos entrevistados, 70% disseram que não tinham conhecimento ou não imaginavam que pagavam tanto impostos em produtos que compravam no dia a dia.

Por exemplo, quando se paga R$ 10 por um xarope para tosse numa drogaria, R$ 3,40 é do imposto; se um televisor custar R$ 1.000 numa loja, R$ 494 é imposto, e assim por diante. A carga tributária varia de acordo com produtos e, via de regra, os produtos da cesta básica tem carga tributária menor.

A grande maioria da população acredita que quem paga imposto neste País são os empresários e as pessoas com altos salários, mas isso não é verdadeiro. Os empresários são obrigados a somarem todos os impostos e taxas que pagam ao governo para aplicarem no preço final das mercadorias/serviços que comercializam, e que o consumidor acaba pagando.

A informação acima legitima o preceito Constitucional de que "todo poder emana do povo", e cabe a todo cidadão exercer o seu papel de fiscalizador do seu próprio dinheiro, ou seja, aquele arrecadado através dos tributos.

Exigir moralidade, ética, justiça efetiva e eficiência na gestão pública é a obrigação de todo cidadão, mas infelizmente poucos têm atitude (a maioria só reclama), e talvez seja essa a causa principal de estarmos tão atrasados, de vermos tanta corrupção, incompetência e desmandos nos governos.

Nunca "abra mão" do direito, especialmente aqueles garantidos na nossa Constituição (saúde, educação, segurança, etc). O brasileiro paga caro pela saúde, educação e segurança, através dos tributos que estão embutidos nos produtos e serviços que ele adquire. Exercendo o direito de cidadão, a pessoa está contribuindo para um futuro melhor.

Nota de opinião.

0 visualização0 comentário