• Observatório Social

Covid-19: Hospital Imigrantes ultrapassa 100 pacientes com alta médica

O Imigrantes Hospital e Maternidade ultrapassou nesta semana a marca de 100 pacientes de Covid-19, curados e com alta médica de internação. 


“Temos muito para comemorar! Esses 102 pacientes curados representam toda a dedicação da nossa equipe, no esforço diário para dar o seu melhor pelos pacientes que confiam a nós o seu bem mais precioso, que é a vida. Que essa notícia possa aquecer o coração de muitas famílias e renovar em todos nós a esperança”, destaca a gerente de operações do hospital, Fernanda Rodrigues.  


De março até o dia 12 de dezembro, o Imigrantes registrou 923 casos positivos da doença, em pacientes que realizaram a coleta do exame no hospital. Destes, 121 precisaram de internação, sendo registrados oito óbitos. Atualmente, a unidade de saúde conta com 11 pacientes Covid internados. 


Ao longo do ano, as diferentes fases da pandemia refletiram diretamente no número de pacientes atendidos no Pronto Atendimento. Nesta segunda onda da doença, por exemplo, o mês de novembro registrou o maior pico, com 1.977 pessoas atendidas pelo clínico geral. Dezembro ainda pode superar o mês anterior, sendo que na primeira quinzena foram atendidos 877 pacientes. Já nos meses de agosto, setembro e outubro, a demanda foi menor, com 977, 710 e 892 pacientes atendidos, respectivamente.  


Conforme Fernanda, mais de 80% dos casos atendidos este ano no Pronto Atendimento são de sintomáticos respiratórios. “Para o atendimento desses pacientes o hospital disponibiliza sala de espera e consultório específico e separado dos demais, sendo que os números citados não contemplam os atendimentos de pediatria e ortopedia”, detalha.  


De modo geral, o Hospital Imigrantes teve um aumento de 38% no número de pacientes internados em relação a 2019. Sendo 1.419 em 2019 e 1.959 até agora em 2020. Já o número de diárias aumentou 49%, o que indica também um aumento da média de tempo de internação. 


Para a gerente de operações, o aumento não refere-se somente à pandemia. “Foi um ano de crescimento e abertura de novos serviços, e em paralelo a isso, surgiu a pandemia. Em 2020 nós continuamos investindo e buscando capacitar a nossa equipe. O saldo que a gente tira neste fim de ano é extremamente positivo, pois conseguimos fortalecer o hospital e reforçar o nosso objetivo com a equipe, que é entregar um serviço diferenciado. Estamos muito contentes com o que estamos conseguindo fazer”, avalia.  

  

Unidade de Terapia Intensiva


No que se refere à internação de pacientes positivos para Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde o início da pandemia o Hospital Imigrantes registrou 33 internações. 


Desde novembro, a direção do hospital, que conta com 10 leitos de UTI, tenta montar uma segunda escala médica para abrir mais leitos, porém não conseguiu viabilizar a contratação de profissionais médicos. 


“Essa é a dificuldade hoje. Temos respiradores, enfermeiros, leitos e todos os serviços necessários, mas não conseguimos contratar médicos”, lamenta Fernanda. 


De acordo com ela, para atender a demanda gerada pela pandemia em todo o hospital, a equipe como um todo foi ampliada. “Conseguimos atender a demanda e responder positivamente, dobrando e redobrando o plantão. O trabalho na pandemia para os profissionais de saúde é extremamente desgastante e cansativo. Mas eles estão dando conta com maestria. É cansativo fisicamente e emocionalmente”, ressalta. 


O Hospital Imigrantes fica localizado na rua Pastor Sandrescky, 148, no Centro de Brusque (SC). Para mais informações sobre o atendimento e serviços oferecidos basta entrar em contato pelo telefone (47) 3308-5058 ou pelo WhatsApp (47) 99136-5459. 


Para 2021, está prevista pela direção do Hospital Imigrantes a implantação de uma agência transfusional, uma nova sala para Endoscopia e Colonoscopia, uma nova sala de Parto Natural, a reforma dos quartos, entre outras ações. 

1 visualização0 comentário