• Observatório Social

Conselho Tutelar de Guabiruba divulga registros de 2016

Atualizado: 17 de Jul de 2019

Dados foram, exclusivamente, repassados ao OSBr

O Observatório Social de Brusque realizou um levantamento das atividades do Conselho Tutelar de Guabiruba entre janeiro e setembro deste ano. As informações foram repassadas pelo próprio órgão público. Assim como o Conselho Tutelar de Brusque, os atendimentos são organizados em cinco categorias.


No tipo vida e saúde, foram registrados 18 casos de negligencia, cinco situações de alcoolismo ou uso de drogas e três gravidez.


Na categoria liberdade, respeito e dignidade, o Conselho Tutelar de Guabiruba registrou 22 casos de violência física ou psicologia; 11 de maus tratos; seis suspeitas de abuso sexual e outras seis de ato infracional; quatro de assedio moral e quatro de registro de nascimento.


Já na convivência familiar e comunitária foram 45 situações de vulnerabilidade; 43 de maus tratos; 16 de alcoolismo ou uso de drogas por parte dos pais; 15 de conflito familiar e outras 15 de orientação da guarda.


Em educação, esporte, cultura e lazer, foram 92 casos de evasão escolar; 16 violações de vaga escolar e 14 omissões de unidade escolar. Na categoria profissionalização e proteção ao trabalho, foram registrados três casos de trabalho infantil durante os nove meses de 2016.


É importante salientar que em muitos casos atendidos pelos conselheiros tutelares, existe a necessidade de monitoramento contínuo de situações de vulnerabilidade, exigindo dos profissionais uma atuação sistemática.


Confira os dados completos aqui.


Foto: Prefeitura de Guabiruba

0 visualização0 comentário