• Observatório Social

Brasil é campeão na carga tributária de produtos alimentícios

O Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) realizou levantamento a pedido do jornal Hoje em Dia, que apontou o Brasil como o campeão na tributação de produtos alimentícios entre os 10 países avaliados.


Em média, os alimentos que os brasileiros consomem possuem carga tributária de 27,2%, tecnicamente empatado com a Suécia, com 27,5%. A diferença entre os países é que o imposto dos suecos é, de fato, revertido em benefício da população.


Ainda de acordo com a publicação, o que explica a carga tributária semelhante a de um país desenvolvido somado ao fato do Brasil ser um grande produtor de produtos agrícolas, é a incidência de altos tributos em todo o processo (lavoura, indústria, folha de pagamento, receita, lucro, atacado, varejo).


Um exemplo é o óleo de soja, que em nosso país possui carga tributária de 26% sobre o custo final, enquanto no Japão a taxa é 16%. Os produtos industrializados chegam ao consumidor com carga tributária ainda maior, como no caso dos enlatados e biscoitos, que a média de tributos é de 36% e 37% sobre o custo final, respectivamente.


Na média, o IBPT apontou que pagam menos impostos sobre os alimentos a população dos EUA, Alemanha, Espanha, Portugal, Itália, Reino Unido, França e Japão.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo